“Você pensa em muita coisa ao mesmo tempo. Por isso nunca consegue se resolver. A vida não é assim. É uma coisa por vez. Cada etapa por dia.

Não, você não está perdida, não diga isso. Você está aqui, não está? Então você está seguindo algum caminho.

Entenda que tudo isso que você passou, todas as rupturas, aconteceram porque tinham que acontecer. Você precisava passar por essa experiência. A vida…ela é feita de recomeços.

Você pode até ter superado os fins da sua vida. Mas no seu íntimo você não aceita. Isso precisa ser tratado. O que falta pra você aceitar? Como seguir se você continua apegada ao passado?

O passado é confortável na sua mente porque ele não é real. Ele não mostra porque acabou, ele só diz como era bom. E isso é utopia. Tinha coisa ruim sim, lembra? E por isso acabou.

Qual o risco de tentar uma nova história melhor que a passada? Você pode até fracassar, mas então só será igual da última vez. Nunca pior.

Meu conselho é: pense em casa coisa separadamente. Não dá pra ter tudo ao mesmo tempo. Isso é o que te deixa doente. Aceite o que veio pra você e pense com calma sobre cada uma delas. Não dá pra dar conta de tudo.”

(o que eu lembro da minha sessão de tratamento espiritual)

Photo by Jessica Delp on Unsplash

Escrito por Sarita Deoli

Baiana, advogada e estudante de Psicologia e Psicoterapia Holística. Criou o Trago o Sol em 2017 para conversar sobre as relações do ser humano consigo mesmo e com o mundo. Acredita no valor do autoconhecimento e do conhecimento em si. Tem mais esperança do que antigamente e insiste que não está aqui só de passagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: