A gente fica esperando a chegada de um sinal do universo que já chegou dentro de nós. Mas não basta nossa intuição, queremos um letreiro luminoso gigante que nos diga “É ISSO QUE VOCÊ TEM QUE FAZER”. Tal é a nossa insegurança que duvidamos das nossas próprias vontades.

Queremos ter uma certeza impossível antes de arriscar algo. Até porque se viesse com certeza, não se chamaria arriscar. Não estamos dispostos a gastar energia em algo que pode não dar certo. Ou seja, não gastamos energia com nada, já que tudo pode dar errado.

Somos tomados de um medo terrível de viver. Tudo é perigoso, desconfortável, difícil, e de fato é. E por isso nos fechamos numa redoma onde tudo seja o mais seguro possível e achamos que isso nos deixa feliz. Só que não, isso só nos deixa estagnados e vazios.

Para ser feliz é necessário enfrentar o perigo, o desconforto e a dificuldade. É preciso sair da redoma e respirar o ar da liberdade. A vida não pode ser só dentro de nossas casas, ela acontece em demasia lá fora.

Mas ninguém vai te chamar pra lá, não vai chegar um e-mail te dando os passos de onde ir e como fazer. Você tem que se ouvir e ir em busca. Somente você pode fazer isso. Somente você pode caminhar com os seus pés.

Caminhe. Onde ir e o que fazer já está dentro de ti, é só parar pra observar.

Escrito por Sarita Deoli

Baiana, advogada e estudante de Psicologia e Psicoterapia Holística. Criou o Trago o Sol em 2017 para conversar sobre as relações do ser humano consigo mesmo e com o mundo. Acredita no valor do autoconhecimento e do conhecimento em si. Tem mais esperança do que antigamente e insiste que não está aqui só de passagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: