Da mesma forma que uma pessoa quebra uma perna, é possível que se quebrem as conexões químicas do cérebro. E quando uma pessoa quebra uma perna, ela toma remédio para dor e inflamação, faz cirurgia, se precisar, e faz fisioterapia. E isso às vezes dura anos. No caso da depressão é a mesma coisa, você pode ter que tomar remédios para impulsionar as conexões químicas do cérebro, deve cumprir as prescrições médicas e então tem que procurar as causas dessa situação para não ter de novo, através de terapia e retomada da espiritualidade. E também pode durar anos.

Isso não significa que você é uma doença e que ela te representa. É completamente possível viver normalmente enquanto faz um tratamento de depressão. E, assim como uma perna quebrada, pode ser que você fique impossibilitado de sair uns dias mas não para sempre. Se o tratamento for seguido e exista um esforço de si mesmo de melhorar, você seguirá sua vida.

Uma doença não te representa. Não pode te representar. É uma fase, é uma jornada de autoconhecimento, um momento entender o que está acontecendo com você e como anda sua vida. Você vai melhorar, tem tudo para melhorar. Escolha melhorar, escolha viver, escolha não ser uma doença. Tudo tem cura. É preciso aceitar a cura necessária para você.

Escrito por Sarita de Oliveira

Criadora do Trago o Sol, Advogada, Psicoterapeuta Holística e futura Psicóloga. É curiosa, gosta de estudar e escrever sobre o bem estar mental e social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: