As nossas metas em relação ao nosso desenvolvimento pessoal tem que ser mais leves e reais. Seria muito legal se a gente pudesse fazer um tantão de coisa linda que a gente vê por aí mas nem tudo cabe pra nós.

A gente já nasce com o material todo pronto, sabe? O combo perfeito pra viver. E nesse pacote vem coisa difícil de lidar também, óbvio. Mas, ainda assim, é mais fácil lidar com o que você tem de complicado do que com algo que você nem tem.

Vou dar um exemplo. O meu defeito é ser agressiva. Então pra deixar de ser agressiva, eu devo ter como objetivo ser uma pessoa calma/amorosa? Errado. Ser calma/amorosa é o resultado. O objetivo é deixar de ser agressiva.

Em vez de eu focar em me tornar uma pessoa zen, eu tenho que trabalhar minha raiva, entender de onde ela vem, porque vem, como vem, e o que eu preciso fazer sobre ela. Será que eu tô precisando aceitar que algo passou? Será que eu preciso perdoar alguém? Será que eu preciso abrir mão do controle dos acontecimentos?

Todo esse trabalho talvez não me torne uma pessoa completamente serena, mas com certeza vai trazer o conforto de viver comigo mesma, com as ferramentas que eu já possuo. A meta não deve ser sobre se tornar algo diferente e sim sobre se transformar em algo mais proveitoso pra si mesmo.

Escrito por Sarita Deoli

Baiana, advogada e estudante de Psicologia e Psicoterapia Holística. Criou o Trago o Sol em 2017 para conversar sobre as relações do ser humano consigo mesmo e com o mundo. Acredita no valor do autoconhecimento e do conhecimento em si. Tem mais esperança do que antigamente e insiste que não está aqui só de passagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: